Trabalho com instalação do ldap…

Problemas com o a versão do ldap

Recentemente tive problemas com a versão do ldap que estava em um servidor por aqui.

Precisava usar um recurso do ldap para fazer alta disponibilidade, quebrando muito a cabeça, descobri que o que eu queria só estava disponível na versão 2.4 do ldap. Isso em si já foi uma rodada, porque em nenhum canto dizia que só funcionava a partir da versão 2.4 e o ldap funcionava plenamente sem avisos com o recurso habilitado.

Mas tudo bem, eu supero. Fui instalar a versão mais nova do ldap. Erro. O ldap usa o BerkeleyDB 4.2, 4.4 ou 4.5, adivinha qual versão eu tinha? A premiada 4.3. Tudo bem, era só instalar outro BDB. Errado. O BDB que vem com o centos só tem as bibliotecas de compatibilidade com o BDB-4.2, nada das de desenvolvimento.

Por fim, pulando 1 semana de rodadas e rodadas, eu compilei em outra maquina que era 64 bits o ldap, copiei algumas bibliotecas que ele precisava e instalei no outro servidor da melhor forma que eu pude. Para compilar no outro servidor eu fiz:

export CC="gcc -D_GNU_SOURCE" CPATH=/usr/include/db42/
rm -rf install-tmp
mkdir install-tmp
./configure --prefix=/usr --sysconfdir=/etc --localstatedir=/var --mandir=/usr/share/man \
            --disable-rpath --enable-spasswd --enable-crypt --enable-lmpasswd
make depend
make
make DESTDIR=`pwd`/install-tmp install

Depois copiei para o outro servidor a pasta “install-tmp“.

Ainda tive que usar a versão 2.4.6 no lugar da mais atual, para que ficasse de forma que o sistema fosse mais compatível.

O que podemos tirar disso

Sistemas com pacotes muito antigos são uma merda. Passei algum tempo parado nisso, caso eu não soubesse compilar as coisas e não tivesse algum conhecimento de sistemas, e não conhecimento de uma distro só, eu teria me fodido bonito.

O ldap é outra coisa que tem lugar especial no meu ódio. Ele em nenhum ponto me deu uma dica que ele não funcionava com o recurso que eu queria, e passei um tempo infeliz para descobrir que era problema com versão.

Chego a conclusão que todo mundo odeia o ldap, e entendo o porque. Mesmo. Melhor ainda, posso dizer que ldap é legal, mas não tão legal quanto pintar com “luk’s colors“.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: